De acordo com pesquisa realizada pelo Ibope em parceria com o Instituto Ethos, apenas 3,5% dos executivos de grandes empresas no Brasil são afrodescendetes. Já a porcentagem de mulheres negras é ainda menor, 0,5%.

Anúncios