A Lei Áurea está sendo indicada como documento patrimônio da humanidade. A ação terá várias dimensões: do ato em si, do movimento abolicionista, passando por diversos aspectos, que ficará a cargo da Professora e historiadora, Carla Lopes e da coordenação do Programa de reflexões e debates para a Consciência Negra.

Anúncios