Até domingo, 27, está em cartaz, na Caixa Cultural, uma seleção de filmes africanos e sobre a diáspora negra para o Rio de Janeiro. As sessões começam às 19h, e os ingressos custam R$ 4,00. O espaço fica na Av. Almirante Barroso, 25, Centro.

Programação
Dia 24
Menged
Ficção –
Adaptação de um conto popular etíope, sobre a trajetória de um pai e seu filho até o mercado.
Vencedor do Urso de Cristal.
Origem: Etiópia – Classificação: Livre

Mortu Nega
Ficção –
No interior da Guiné, lutando contra a presença colonial, o exército de libertação constrói o dia-a-dia entre a vida comunitária e o percurso para a independência de seu país. O filme marca a estréia do cineasta Flora Gomes.
Origem: Guiné-Bissau – Classificação: 12 anos

Dia 25
Balé de pé no chão
Documentário –
História de Mercedes Baptista, principal precursora da dança afro-brasileira.
Bailarina de formação erudita, cria seu grupo na década de 50, e estuda os movimentos do candomblé e das danças folclóricas.
Vencedor do Prêmio Palmares de Comunicação 2005.
Origem: Brasil – Classificação: Livre

Hollow City – Cidade Vazia
Ficção –
Narra a trajetória de um menino órfão, que, assim como muitos outros de sua geração, lutam pela sobrevivência em Angola que está devastada após a revolução civil.
Vencedor do Festival de Filmes de Paris.
Origem: Angola – Classificação: Livre

Dia 26
Maria sem graça
Ficção –
Maria das Graças, menina negra de 12 anos, moradora da periferia de São Paulo, atormenta a vida de sua mãe para alcançar seu maior sonho: ser a apresentadora Xuxa Meneghel.
Selecionado para o Festival Internacional de curta-metragens de São Paulo.
Origem: Brasil – Classificação: Livre

Família Alcântara
Documentário –
História de uma família extensa, cujas origens remetem-se à bacia do Rio Congo, na África. Através de gerações, preservam sua história, com o coral, teatro e a congada.
Premiado no 11º Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá.
Origem: Brasil – Classificação: Livre

Dia 27
The Ball
Ficção –
Em um país que luta para combater a Aids, 20 milhões de preservativos são distribuídos, isto é, 5 por pessoa por ano. Muitos as usam de outra forma, como por exemplo, os garotos que as utilizam para fazer bolas para jogar futebol.
Origem: Moçambique – Classificação: Livre

O Herói
Ficção –
Um soldado mutilado na explosão de uma mina volta à Luanda, após 20 anos de combates. No elenco o senegalês Makena Diop, as brasileiras Maria Ceiça e Neuza Borges.
Premiado no Festival de Sundance (EUA) e no Festival de Cinema Africano de Milão, entre outros.
Origem: Angola – Classificação Livre

Anúncios